A importância de deixar as crianças exprimirem as suas ideias

A importância de deixar as crianças exprimirem as suas ideias

Expressar aquilo que sentimos, pensamos, as nossas ideias, dúvidas, receios e inquietações é sempre saudável, independentemente da idade.

Se, do outro lado, estiver um bom ouvinte, será a cereja no topo do bolo.

Naturalmente, é na infância que tudo se estrutura. É nesta altura que a personalidade é moldada, que se ganham defesas, que se aprende a distinguir o certo do errado, entre muitos outros aspetos determinantes na construção da personalidade das crianças.

O crescimento envolto num clima de tranquilidade, segurança e onde há liberdade para a criança se expressar livremente é meio caminho andado para essa criança se transformar num adulto bem resolvido e seguro de si.

Ideias: A importância de não castrarmos a criatividade das crianças

Independentemente da idade, é importante criar este “espaço” de diálogo e de livre expressão de ideias. Isto deve acontecer sem que a criança sinta receio de ser criticada ou ridicularizada pelo que vai dizer.

Ela deve sentir-se segura, respeitada e apoiada ao expressar as suas ideias sejam elas quais forem.

Uma criança feliz e saudável é uma criança que se expressa sem medos. Esta liberdade irá estimular a sua criatividade. Por exemplo no centro ser mais temos inúmeras atividades extracurriculares que têm como intuito fomentar a criatividade.

Logo vai também desenvolver a sua capacidade de resolução de problemas e promover uma maior autonomia, proatividade e independência em relação aos pais.

Esta independência será uma grande vantagem, não só na infância/adolescência, mas também na vida adulta.

Os pais e educadores devem respeitar o seu próprio ritmo, e deixá-la expressar-se na sua própria linguagem. Isso, sem tentar completar o seu discurso nem atropelá-lo, ou ainda mostrar-se impaciente.

Isto são atitudes a evitar, pois vai tornar a criança insegura e com receio do que vai dizer, dificultando assim a comunicação.

Como fomentar a criatividade e a geração de ideias nas crianças?

Criar dinâmicas em família ou na escola, é uma boa forma de promover a comunicação e criatividade das crianças. Algo que permita que ela invente coisas, crie histórias e resolva problemas, estimulando desta forma o seu pensamento criativo.

Além disso, um bom hábito é ler histórias infantis que, aos poucos, vai ajudando ao seu desenvolvimento mental, criando uma mente mais criativa, mais flexível, imaginativa e, naturalmente, com mais ideias.

Estimular a leitura, é também uma forma promover o desenvolvimento de uma mente criativa.

As ideias precisam de estímulo, de um terreno fértil onde se possam desenvolver, criando assim mais ideias. De seguida deixamos-lhe algumas dicas simples que pode implementar na sua rotina e que vão ajudar ao desenvolvimento do processo criativo.

  • Seja um modelo de criatividade para os seus filhos
  • Favoreça o tempo livre para atividades que fomentem a imaginação
  • Mostre sempre interesse pelo que as crianças fazem
  • Responda a todas as perguntas que lhe forem feitas
  • Tenha sempre em casa materiais que possam ajudar ao desenvolvimento de novas ideias
  • Ajude o desenvolvimento do pensamento crítico
  • Proponha atividades desafiantes
  • Limite o tempo de atividades passivas (smartphones, tablets, jogos ou televisão)

Estas 8 dicas simples vão ajudar a que o seu filho seja uma mente muito mais criativa e consequentemente uma pessoa que não tem medo de expressar as suas ideias.

castrar a criatividade, contar histórias, crianças, criativbos, criatividade, fomentar a criatividade, geração de ideias, Ideias, imaginação, jovens, livre expressão de ideias.


Somos um centro de estudos em telheiras, onde o nosso foco é a sua Família e os desafios com que se depara. Assim, oferecemos-lhe uma resposta especializada, multidisciplinar e flexível, adaptada aos seus horários e necessidades.