Como lidar com os problemas da adolescência - 3 formas de o fazer

Como lidar com os problemas da adolescência – 3 formas de o fazer

Uma das maiores dificuldades dos pais passa essencialmente por conseguirem lidar com os problemas da adolescência.

Todos sabemos que esta é uma fase meio “complicada” no seio do relacionamento familiar.

A par disso, a maior parte dos adolescentes e pré-adolescentes acaba por se isolar e não falar com os pais sobre os problemas, dúvidas ou receios que os assolam.

Assim sendo, como perceber se o seu filho tem algum problema ou se está a ter algum comportamento de risco? De seguida, indicamos-lhe não só os problemas mais comuns nesta faixa etária, como também lhe damos algumas sugestões que podem ajudar a resolvê-los.

Problemas da adolescência – Quais são os mais comuns

A verdade é que existem problemas que podem ser transversais a qualquer faixa etária (e enquanto centro de estudos e de apoio acompanhamos diversos casos). Contudo, na adolescência ou pré-adolescência existem alguns que são extremamente comuns.

Para ter uma noção, de acordo com um estudo realizado no Brasil em 2014, e que contou com uma amostra de 85 mil participantes entre os 12 e os 17 anos, 30% das crianças e jovens demonstra problemas (mesmo que de forma subtil) que podem levar à depressão. Os mais comuns são:

  • Tristeza frequente
  • Dificuldades de concentração
  • Insónias
  • Falta de disposição
  • Ansiedade frequente

Mas, estes são apenas alguns dos problemas. Existem outros, e muito mais comuns do que a grande maioria das pessoas pensa.

  • Falta de amigos e isolamento social
  • Problemas com os pais (e que nem sempre são simples de perceber)
  • Serem vítimas de Bullying
  • Falta de energia
  • Consumo de drogas, álcool ou tabaco
  • Infelicidade constante
  • Maus resultados escolares
  • Problemas de autoestima
  • Sintomas de depressão
  • Transtorno de ansiedade
  • Anorexia ou bulimia
  • Fobia social

Então como é que enquanto pai pode ajudar o seu filho na resolução destes problemas da adolescência? Veja as nossas dicas de seguida.

Como ajudar os adolescentes na resolução dos seus problemas?

A verdade é que na maior parte dos casos os adolescentes e pré-adolescentes acabam por se isolar. E, desta forma acaba por ser complicado enquanto pai ou mãe perceber e ajudar na resolução dos problemas.

Pior do que isso, é que muitas vezes os pais não se conseguem aperceber que algo está a ocorrer e por isso não conseguem intervir atempadamente.

Assim, como ajudar um adolescente? Veja as nossas dicas de seguida.

1 – Tente abordar o tema de forma pouco invasiva

A verdade é que dependendo da situação, tentar arrancar informações “à força” pode ser a pior estratégia. Assim sendo, é importante que tente de forma subtil e pouco invasiva fazer com que o seu filho fale consigo.

Comece por perguntar:

  • Como estão as coisas na escola
  • Como é que estão os amigos
  • Se não quer convidar alguns amigos para estudar lá em casa

Mediante as respostas que lhe forem sendo dadas, vai conseguindo analisar qual o problema pelo qual o seu filho poderá estar a passar. Além disso, será muito mais simples reforçar a conexão entre ambos, levando a que ele se sinta mais à vontade a falar consigo.

2 – Tente falar com vizinhos, amigos e professores

Se conhece os vizinhos ou mesmo os pais dos amigos do seu filho, uma boa forma de perceber se algo se passa é falar com quem ele está diariamente.

Assim, ir até à escola e falar com os professores ou mesmo com alguns dos amigos, pode ser uma boa forma de começar a desvendar os potenciais problemas.

Mas, é importante voltar a frisar que deve fazê-lo de forma pouco invasiva. A par disso, não se esqueça que a adolescência é uma fase complicada para a maior parte dos jovens.

Assim sendo, é preciso perceber se os problemas da adolescência não são apenas os problemas normais de crianças na idade da descoberta.

3 – Com consultas de especialidade

Se as sugestões que lhe demos antes não conseguirem ajudar na resolução dos problemas da adolescência, deve optar por uma consulta de especialidade.

No Centro Ser Mais, fomentamos a entreajuda e por isso temos ao dispor de pais e encarregados de educação consultas para adolescentes e pré-adolescentes.

Nas mesmas eles podem falar abertamente de tudo sem terem medo de serem julgados.

Se sente que o seu filho está a lidar com algum problema de maior e não consegue que ele fale consigo, fale connosco, temos a certeza que iremos conseguir ajudar.

adolescência, adolescentes, ansiedade, consumo de drogas, dificuldades de concentração, fobia social, infelicidade, isolamento social, problemas comuns nos adolescentes, problemas da adolescência, problemas de autoestima, tristeza


Somos um centro de estudos em telheiras, onde o nosso foco é a sua Família e os desafios com que se depara. Assim, oferecemos-lhe uma resposta especializada, multidisciplinar e flexível, adaptada aos seus horários e necessidades.