Sexualidade na adolescência: o tema tabu que nenhum pai quer abordar

Sexualidade na adolescência: o tema tabu que nenhum pai quer abordar

Ora bem, se existem alguns temas que são complicados de abordar pelos pais, garantidamente que a sexualidade na adolescência é um deles!

São poucos os pais que se sentem à vontade para falar disso, ou que o querem sequer fazer. Na maior parte das vezes por receio de descobrirem algo que não queriam.

De forma simples a sexualidade é algo que nos motiva a procurar amor, contacto, ternura e intimidade. A par disso, a mesma influência pensamentos, sentimentos, ações, reações e interações! E, em última instância, tudo isso irá influenciar a nossa saúde física e mental.

Se pensarmos enquanto adultos, sexo é sexo e muitas vezes pouco mais do que isso. Mas, relembre-se de ser um adolescente.

O sexo era a novidade, a expectativa sobre o desconhecido, eram os receios de ser bom ou mau ou doloroso, era algo que que a maior parte sonhava, mas não tinha coragem para questionar aos mais velhos.

Assim, e como vivemos numa época de evolução constante, bem sabemos que os nossos filhos podem facilmente chegar à internet e descobrirem tudo sobre este tema.

Por isso, de forma a evitar problemas, mal-entendidos ou qualquer outro tipo de questão, nada melhor que ver de seguida algumas dicas nossas dicas para ajudar os seus filhos a lidar melhor com a sexualidade na adolescência.

Sexualidade na adolescência: Dicas que deve dar ao seu filho

As relações entre os jovens nada têm a ver com as relações entre adultos (e sabemos bem disso no centro de estudos). Os mesmos têm amores e desejos não confessados e que ninguém desconfia (talvez o melhor amigo, mas nem sempre).

A partir dos 10 anos (por norma) surge a menstruação nas raparigas. Já os rapazes podem ter a primeira ejaculação a partir dos 12.

Nesta altura é importante começar a falar da sexualidade na adolescência, tendo sempre em consideração que a abordagem não deve ser exclusivamente sobre o ato em si.

É essencial que nesta altura da vida os pré-adolescentes não continuem a achar que os bebés chegam com as cegonhas. É preciso que eles comecem a ter noção da implicância que os seus atos podem ter.

Assim, existem alguns conselhos que pode passar aos seus filhos desde cedo. Os mesmos vão ajudá-los a descobrir a sua sexualidade, antes de passarem realmente para a ação.

  • Apreciar o seu próprio corpo (ser vergonha ou pudor)
  • Dar-lhes informações que esclareçam qualquer dúvida que possam ter
  • Explicar que os relacionamentos evoluem e que podem terminar em práticas sexuais que devem ser sempre consentidas
  • Explicar-lhes que devem interagir com rapazes e raparigas, mas respeitando sempre as diferenças
  • Desenvolver uma relação tendo sem por base o respeito
  • Explicar-lhes que nunca devem fazer nada que não tenham vontade ou não queiram
  • Explicar a importância da comunicação e diálogo (entre os dois e a família)
  • Dar a conhecer métodos de prevenção de uma gravidez indesejada

Outro ponto que deve considerar é que nunca deve ter comportamentos fundamentalistas e intolerantes, assim como aplicar estereótipos sobre a vivência sexual de grupos, indivíduos ou populações.

Resumidamente não devemos nunca ter medo ou vergonha de falar da sexualidade na adolescência. Até porque, a felicidade futura dos nossos filhos pode depender disso mesmo.

E lembre-se, este é um tema tão normal como qualquer outro!

comportamentos fundamentalistas, conselhos, evitar problemas, expectativa, intimidade, pré-adolescentes, procurar amor, relações entre os jovens, saúde física e mental, sexo era a novidade, sexualidade, sexualidade na adolescência, tema tabu


Somos um centro de estudos em telheiras, onde o nosso foco é a sua Família e os desafios com que se depara. Assim, oferecemos-lhe uma resposta especializada, multidisciplinar e flexível, adaptada aos seus horários e necessidades.