TPC: Como acabar com o pesadelo que são os trabalhos de casa

TPC: Como acabar com o pesadelo que são os trabalhos de casa

Os trabalhos de casa, ou vulgos TPC são daquelas questões que não geram propriamente consenso entre os pais.

“Não sei como aguentam. Eu perco logo a paciência!” é uma frase que ouvimos frequentemente por parte dos pais dos nossos alunos aqui no centro de estudos.

No nosso espaço dispomos de uma sala de estudo onde, todas as tardes, as crianças estão a fazer os seus trabalhos de casa e a estudar de forma geral até que os pais cheguem.

Conhecemos bem o desafio de manter um aluno motivado, colado às tarefas, e fazer com que ainda sobre tempo para que brinque e seja criança.

É importante frisar que aqui, o tempo dedicado ao estudo varia sempre de acordo com a quantidade de trabalhos pedidos pelos professores e, claro, da vontade dos pais.

Assim, temos alunos que trazem trabalhos da escola apenas à 6ª feira e outros que trazem todos os dias. Depende de criança para criança.

Trabalhos de casa: Como ajudar o seu filho a fazê-los

Se a existência de TPC nos primeiros anos escolares gera polémica, a quantidade que é pedida gera ainda mais.

Não há um grande consenso em relação ao que será a “quantidade ideal” de trabalhos de casa.

Estudos realizados, indicam que as crianças que fazem os trabalhos de forma autónoma desenvolvem maior autodisciplina.

Contudo, quando em excesso podem levar não só a conflitos familiares (quando se torna complicado para os pais acompanhar e ajudar na sua realização), mas também ao desinteresse e desinvestimento escolar.

Não podemos, contudo, esquecer que, independentemente da nossa opinião sobre o tema, os TPC continuarão a existir e a constituir parte da avaliação dos alunos.

Assim sendo, deixamos-lhe 5 dicas muito simples que vão ajudá-lo a ajudar os seus filhos.

1 – Decida um calendário de estudo

A ideia de as crianças fazerem os trabalhos mal cheguem da escola pode ser muito tentadora para os pais.

Contudo, depois de um dia de aulas, é provável que estudar não esteja no topo da lista de motivações do seu filho.

Correr e brincar ajuda as crianças pequenas a concentrar-se. Assim, estabeleça um período de brincadeira após a escola e de acordo com outras atividades que já pratique.

E, a par disso, defina também uma hora certa para iniciar o estudo. Cumpra este calendário de forma a criar uma rotina.

 2 – Deixe que os seus filhos escolham o local de estudo

Pode parecer estranho, mas nem sempre ter um local fixo para estudar é a melhor solução. Eu por exemplo adorava estudar na cozinha ou em cima da cama.

O importante é que garanta que ele tem todos os materiais de que necessita. Pode, por exemplo, ter uma caixa com tudo, de forma a transportá-la para onde quiser.

Evite as interrupções para procurar material, visto que se traduz apenas em gasto de tempo e desconcentração.

3 – Deixe-o trabalhar sozinho

A verdade é que não vai conseguir ensinar os seus filhos a serem autónomos se estiver a controlar todo o processo.

Esteja por perto, mas faça as suas tarefas: continue o seu trabalho, estude, faça a lista de compras…

Dessa forma estará a transmitir-lhe que, na vida real, é natural que todos tenhamos responsabilidades que devemos cumprir sem dramas.

4 – Esteja disponível

Independentemente de o seu filho precisar ou não de ajuda, encoraje-o a pedi-la.

As crianças acreditam muitas vezes que fazê-lo é admitir que estão a falhar, causando embaraço. Quanto mais disponível estiver e menos crítica for, mais à vontade se vão sentir os seus filhos.

Contudo, não lhe dê respostas. Faça novas perguntas que o ajudem a redirecionar o pensamento ou dê-lhe algumas pistas que o ajudem a chegar sozinho à conclusão correta.

5 – Resolva o conflito

A verdade é que vão haver sempre os momentos difíceis em que não quer estudar! A verdade é que muitas vezes trata-se tão somente de cansaço e uma pausa, para lanchar por exemplo, pode ser a solução.

Se mesmo assim mostrar resistência, mantenha o controlo e relembre-o que terá que se justificar perante o professor. Ofereça sempre a sua ajuda e vai ver que cada vez mais ele irá fazer os trabalhos de casa sem reclamar.

Como vê, embora os trabalhos de casa possam ser uma verdadeira dor de cabeça (principalmente quando existem dificuldades em matemática), existem formas de dar a volta à situação.

Se prefere não ter de lidar de todo com essa questão, no nosso centro de estudos podemos ajudar.

autodisciplina, conflitos, criança, disciplina, escola, estudar, fazer os trabalhos, horário de estudo, local de estudo, professores, sucesso escolar, TPC, trabalhos, trabalhos de casa


Somos um centro de estudos em telheiras, onde o nosso foco é a sua Família e os desafios com que se depara. Assim, oferecemos-lhe uma resposta especializada, multidisciplinar e flexível, adaptada aos seus horários e necessidades.