Aprender a estudar: 8 dicas para ser melhor aluno

Aprender a estudar: 8 dicas para ser melhor aluno

Memorizar e aprender um novo conteúdo não é uma tarefa fácil. Muitas crianças estudam da maneira errada, somente lendo informações sem, de fato, absorvê-las. Aprender a estudar de maneira adequada é algo que exige prática e persistência.

Se está com dificuldades e quer auxiliar os seus filhos a estudar e obter melhor desempenho escolar, algumas dicas podem ajudar a solucionar este problema.

Resumidamente, saber otimizar o tempo dedicado ao estudo melhora o desempenho e a concentração, além de aumentar a produtividade.

A pensar nisso, elaboramos um guia com 8 dicas valiosas que certamente vão incentivar as crianças a estudar.

Aprender a estudar: 8 dicas infalíveis

Primeiramente, se chegou aqui, é porque realmente deseja descobrir formas de auxiliar as crianças no desempenho escolar.

Antes de falarmos das dicas propriamente ditas, é importante esclarecer esta aprendizagem deve ser um trabalho em conjunto entre pais, alunos, centro de estudos e escola.

É fundamental que os pais tenham em mente a importância da responsabilidade que possuem em relação à educação dos filhos. Portanto, esteja disposto a aplicar estas recomendações juntamente com as crianças, para que o resultado seja positivo.

Agora, vamos às dicas.

1 – Planeamento 

O primeiro passo para que as crianças estudem com mais qualidade é o planeamento. Os pais devem encarregar-se de planear a rotina da criança. E, devem ter o cuidado de incluir a hora de estudos de acordo com as atividades do dia a dia.

Lembre-se que o horário de estudos deve ser estabelecido de modo a permitir a participação dos pais, sempre que possível. Dessa forma permite-se uma cooperação familiar, o que certamente será um grande incentivo para a criança.

2 – Organização 

Essa dica é um complemento da anterior. A organização também é essencial para que as crianças aprendam a estudar de forma correta. Isso consiste em manter o ambiente de estudos ordenado, com os materiais utilizados adequadamente dispostos.

Outra forma de praticar a organização é através de um diário de tarefas. Incentive a criança a anotar os prazos em que deve entregar tarefas e trabalhos, bem como as datas dos testes.

Assim, além de contribuir para uma melhor qualidade de estudos, isso possibilita um acompanhamento mais próximo da criança.

3 – Ambiente de estudos

O local em que a criança irá estudar é de extrema importância e isso reflete-se diretamente no seu desempenho. Além do ambiente escolar, ela deve ter um espaço também em casa para que possa estudar com tranquilidade.

Garanta que na hora de estudar a criança fique livre de distrações como televisão e telefone. O ambiente deve ser silencioso, limpo e bem iluminado.

4 – Rever a matéria do dia

Uma tática infalível para fazer a criança aprender a estudar é através da revisão. Para que o conteúdo aprendido seja realmente fixado é importante reforçar o que foi visto na escola.

Revisões diárias das matérias contribuem diretamente para que as crianças se desenvolvam melhor, e se tornem bons alunos.

5 – Testar os conhecimentos

Para saber, de fato, se o que se estudou realmente foi absorvido é necessário testar os conhecimentos. Estudar não se resume somente à leitura de conteúdos, mas também deve incluir a prática com exercícios.

Responder a um questionário sobre o tema estudado é a melhor forma de se certificar se a matéria foi compreendida de forma adequada.

6 – Diversificar a forma de estudar

Estudar pode tornar-se uma atividade enfadonha, especialmente para os mais pequenos. Manter uma rotina é importante e saudável para aprimorar o processo de aprendizagem.

Porém, uma mudança de cenário pode auxiliar ainda mais esse processo. Excursões a parques e museus são uma excelente maneira de estimular o cérebro das crianças.

As experiências sensoriais contribuem para que absorvam ainda mais informações, além de ser uma forma divertida de se estudar.

7 – Grupos de estudos

Participar em grupos de estudos também possibilita à criança a aprender a estudar de forma mais dinâmica. A interação com outros colegas pode ser extremamente positiva, pois cria um ambiente de estudos diferenciado.

Além disso, estudar com outras pessoas faz ampliar a gama de conhecimentos, uma vez que há uma troca de informações entre o grupo.

8 – Aprender para além dos trabalhos de casa

O processo de aprendizagem e aprimoramento do cérebro pode ser otimizado com o estímulo de outras atividades além do estudo tradicional. Incentivar a criança a descobrir um novo interesse ajuda muito neste processo.

Por isso, é importante que os pequenos sejam estimulados com outras atividades como dança, música, desporto…

A descoberta de novas habilidades trabalha o cérebro de forma positiva, o que certamente influencia a criança a tornar-se melhor aluna.

Colocar essas dicas em prática vai fazer com que as crianças aprendam a estudar com mais qualidade, aprimorando assim o seu desempenho escolar.

 

ambiente de estudos, aprender a estudar, diversificar formas de estudar, escola, estimular a aprendizagem, estudar, estudos, grupos de estudo, organização, planeamento, rever a matéria, revisão, tarefas


Somos um centro de estudos em telheiras, onde o nosso foco é a sua Família e os desafios com que se depara. Assim, oferecemos-lhe uma resposta especializada, multidisciplinar e flexível, adaptada aos seus horários e necessidades.