Dicas de memorização para adultos e crianças

Dicas de memorização para adultos e crianças

Estudar por horas a fio, e passado alguns dias não se lembrar mais do conteúdo estudado. Quem nunca passou por uma situação assim, não é verdade? Mas, as dicas de memorização podem acabar com este problema.

Esquecermo-nos de alguma coisas é algo natural, pois o nosso cérebro apenas armazena informações por determinado período.

Porém, existem algumas dicas de memorização que podem ajudar a reter e compreender melhor o que foi estudado. Por exemplo no centro de estudos estimulamos a memorização em conjunto com a compreensão da matéria.

Além disso, estimular a memória, vai ajudar a desenvolver outro tipo de técnicas que no futuro vão ser de extrema importância.

Conheça as nossas 7 dicas de memorização que podem ser aplicadas tanto por crianças como por adultos.

Dicas de memorização: Conheça 7 que vão ajudar a potencializar os estudos

Conseguir aprimorar a capacidade de memorização não acontece como um passe de magia. É preciso compreender como o cérebro trabalha para reter informações, e praticar algumas dicas para ajudar neste aspeto.

1 – Conheça o seu tipo de memória

Cada indivíduo tem uma forma diferente de absorver conteúdos novos. Existem, portanto, três tipos de memória: auditiva, visual e sinestésica.

Quem possui a memória visual melhor desenvolvida, consegue aprender mais facilmente através de imagens. Portanto deve dar preferência a materiais de estudo com bastante conteúdo visual, como gráficos e figuras.

Já os que possuem memória auditiva, possuem mais facilidade no aprendizado através da fala, ouvindo explicações e aulas. Neste caso o ideal é procurar conteúdos em podcasts e vídeo, ao invés de passar horas debruçado nos livros.

Por fim, o sinestésico está relacionado com a prática e o trabalho em conjunto dos sentidos. Exemplos concretos e práticas experimentais são uma boa técnica de estudos para quem possui essa característica.

2 – Recitar as informações

Recitar o conteúdo estudado para si é uma ótima dica de memorização. Repetir com as próprias palavras o que acabou de ler, como se estivesse a dar uma aula, é uma excelente forma de memorizar.

Dessa forma, além de memorizar as informações será mais fácil descobrir se ainda há algum ponto na matéria que precisa ser reforçado.

3 – Mapas mentais

Elaborar mapas mentais é uma das técnicas de memorização mais tradicionais e eficientes. Os mapas consistem na organização e junção de ideias, de modo a criar uma conexão entre as mais diversas informações.

Para montar um mapa mental deve-se partir de um conceito principal, que ficará posicionado no centro do papel. E, a partir dele vão se desenvolvendo outras informações relacionadas.

Este método é muito eficaz e um ótimo meio de se treinar a memória.

4 – Questionários

Outra dica de memorização bastante conhecida é a elaboração de questionários. Faça uma série de perguntas relacionadas com o tema estudado, e responda com palavras próprias.

Assim, estará a reforçar duplamente as informações estudadas, de forma a reter o conteúdo por um período consideravelmente maior.

5 – Tempo de estudo

Respeitar os limites do corpo também é uma forma de memorização. Isso porque, a partir de certo ponto, não somos mais capazes de absorver novas informações.

Geralmente, o indicado é estudar no máximo duas horas, e após esse tempo dar um período de descanso ao cérebro. Faça um teste. Vai ver que é realmente diferente.

6 – Ler e reler

Uma leitura de qualidade pode ser dividida em três fases. A primeira leitura procura separar o conteúdo em tópicos e ideias principais.

A segunda leitura deve ser feita de forma mais atenta e com calma, para compreender as informações e contexto. Por fim, a terceira leitura serve para reforçar melhor os pontos mais relevantes do conteúdo estudado.

7 – Resumos

Os resumos também são um ótimo reforço de memória, e auxiliam muito na retenção de conteúdos. Nele devem estar contidas as principais informações do tema estudado, podendo inclusive ser feito em forma de tópicos.

Outro ponto positivo, é que os resumos vão ser fundamentais na revisão da matéria, para que não haja necessidade de estudar todo o conteúdo novamente.

Essas dicas de memorização são infalíveis, e com um pouco de paciência e prática é possível sentir a diferença. E, o melhor é que estas dicas podem ser aplicadas tanto nos estudos como em contexto laboral.

 

a compreensão da matéria, absorver novas informações, conteúdo estudado, dicas de memorização, estimular a memória, mapas mentais, materiais de estudo, memória auditiva, memória sinestésica, memória visual, memorização, Recitar o conteúdo estudado


Somos um centro de estudos em telheiras, onde o nosso foco é a sua Família e os desafios com que se depara. Assim, oferecemos-lhe uma resposta especializada, multidisciplinar e flexível, adaptada aos seus horários e necessidades.